Cotidiano

Como vão as coisas?

esta
Written by Zeneide

– Vão indo… Cada vez mais complicadas.

– A gente vai levando… Dor aqui, dor ali…

– Caminhando… Não se pode parar, apesar dos problemas e das preocupações.

– Nunca é como a gente quer, não é mesmo? Por exemplo, saí de casa cedo e só cheguei agora; cadê lugar pra estacionar nesta cidade?

– Vou levando enquanto a vida não me leva…

– Do mesmo jeito. Também, a crise só piora… Tem hora que a gente desanima.

– Como sempre, vivendo por pura teimosia…

– Que coisas, cara? As coisas não vão, estão paradas…

Muito difícil ouvir alguém dizer que está bem, ou melhorando. Tudo parece estar afundando ou em situação de risco. Estar ainda vivo é pura sorte. Raras vezes um “Muito bem!” ou “Tudo ótimo” nos surpreende e logo duvidamos da sinceridade da resposta. “Essa não quer conversa” ou “Duvido ” – pensamos, julgando indevidamente.

Na verdade, todos temos períodos tranquilos se alternando com turbulências que não pedem licença para nos atingir sem a menor cerimônia. Na vida pessoal, profissional, financeira e até espiritual, nada é linear, normalzinho, como muita gente quer. Isso é tão obvio!

Mas, ultimamente, na vida nacional, as coisas não poderiam estar piores. Ouvi uma comparação estranha, mas verdadeira: parece que está havendo uma metástase sem precedentes na corrupção em nosso país. Infelizmente. Quando pensamos que o combate está sendo eficaz, pronto! A tal corrupção irrompe feito um câncer, em outro canto, mais forte e surpreeendente. Falta criatividade para inventar tantas desculpas esfarrapadíssimas!

Dei uma pausa antes de concluir este texto. Aí liguei a TV e fiquei assustada com as cenas de guerra na Capital Federal. A princípio pensei que era uma reportagem sobre algum outro país … mas, não.

Senhor, cuida da nossa Pátria, amada apesar das circunstâncias. Abre olhos, desperta consciências, quebra a ganância , sensibiliza corações… Pedimos por aqueles que te conhecem, para que continuem firmes nas tuas promessas. E para os que ignoram a tua existência, exerce a tua misericórdia, que é infinita.

Ouso afirmar: As coisas estão ruins mesmo! Mas vão melhorar!!!

 

About the author

Zeneide

Meu nome é Zeneide Ribeiro de Santana, professora de Língua Portuguesa e Literatura. Já sou aposentada e aproveito meu tempo lendo bastante e tricotando um pouco.

2 Comments

Leave a Comment