Cotidiano Esperança

Que Deus me veja sorrindo

menina
Written by Zeneide

 

“A garota fazia a pé o percurso até a escola, tanto na ida como na volta. Certo dia, de volta para casa, desabou uma forte tempestade. Como era o horário que a filha deveria estar saindo da escola a mãe dirigiu-se para o local, pois imaginava que a filha estaria apavorada com tantos raios e trovões.

Quando encontrou a menina andando no meio da tempestade, a mãe reparou, surpresa, que, a cada relâmpago a criança olhava para cima e sorria. Finalmente, quando a filha entrou no carro, a mãe, curiosa, comentou:

– Você parecia não estar com medo da chuva, pois reparei que estava sorrindo a cada relâmpago.

– Claro, mãe – respondeu a garota – O céu não para de tirar fotos minhas!! E quero que Deus me veja sempre sorrindo!”

(Autor desconhecido)

É certo que, se formos constantemente fotografados, não seremos vistos sempre sorrindo… Muitas circunstâncias nos deixam de cara amarrada, de testa franzida, de péssimo humor. Não são raros os momentos em que nem queremos ver alguém, muito menos falar ou tentar disfarçar o que nos machuca por dentro.

Entretanto, sabemos do valor do sorriso, que não custa dinheiro algum e ilumina mais que a eletricidade. Conhecemos o benefício do riso que alivia tensões e afugenta a tristeza. Também concordamos com Vinícius de Moraes quando cantou lindamente:

“É melhor ser alegre que ser triste/ a alegria é a melhor coisa que existe/ ela é assim como a luz no coração…”

E as recomendações bíblicas, então?

Alegrem-se sempre no Senhor. Novamente direi: Alegrem-se! (Filipenses 4:4)

Meu coração exulta de alegria, e com o meu cântico lhe darei graças.  (Salmo 28:7)

Não se entristeçam, porque a alegria do Senhor os fortalecerá”.  (Neemias 8:10)

Que o Deus da esperança os encha de toda alegria e paz, por sua confiança nele, para que vocês transbordem de esperança, pelo poder do Espírito Santo. (Romanos 15:13)

Que neste início de Primavera, quando a natureza se renova, também possamos sentir a renovação da alegria em nossa vida. Que quando formos fotografados pelos lampejos do amor de Deus, ele nos encontre também sorrindo.

About the author

Zeneide

Meu nome é Zeneide Ribeiro de Santana, professora de Língua Portuguesa e Literatura. Já sou aposentada e aproveito meu tempo lendo bastante e tricotando um pouco.

Leave a Comment